Arquivo | cozinha indiana RSS feed for this section

Chai Tradicional

22 Jan

chai

Só há um par de anos terei descoberto aquele que é para mim o chá mais delicioso do Mundo.

Quando me foi oferecido fiquei intrigado, porque é muito diferente do que estava à espera…não havia sido avisado que o que estava prestes a saborear era uma bebida tradicional indiana que combina chá, leite, água e muitas especiarias.

Na realidade o chai (ou masala chai) é sinónimo de chá com especiarias, tradicional da Índia, e com muitas variações no que respeita às especiarias utilizadas. Algumas lendas referem o aparecimento deste chá há mais de 9000 anos, outras referem 5000 anos.  Há também dúvidas se a origem foi efectivamente na Índia, ou na Tailândia. Terá sido criada como sendo uma bebida revigorante, de limpeza e ayurvédica.

Trata-se de um chá quente, robusto, picante e misterioso, perfeitamente adequado para um lanche à tarde no sofá para enfrentar o frio, ver a chuva e ouvir o vento que nos chegam nesta altura do ano…

Ingredientes ( para 2 chávenas de chai):

-1.5 chávena de água
– 1 chávena de leite
– 3 colheres de chá de folhas de chá preto de qualidade
– 3 fatias finas de gengibre descascado (*)
– Sementes de 4 vagens de cardamomo, esmagadas / moídas
– 1 pau de canela, esmagado / moído
– 4 cravinhos esmagados / moídos
– 4 grãos de pimenta preta esmagados / moídos (*)
– Açucar a gosto

(*) o “picante” presente no chai pode ser ajustado, reduzindo ou aumentando as quantidades de pimenta preta e gengibre

Preparação:

Juntar o leite, água, folhas de chá preto, gengibre e as especiarias moídas numa panela e aquecer em lume médio e ir mexendo até levantar fervura
Reduzir para lume baixo, e continuar a mexer durante 10 minutos (tomar especial atenção à possibilidade de a bebida transbordar a panela, caso o lume esteja muito alto, ou não se misture continuamente). A ideia é evaporar parte da água, à medida que a bebida vai absorvendo os aromas das especiarias.
Filtrar a bebida num coador para eliminar as especiarias e o gengibre.
Adicionar açúcar a gosto.
Saborear e começar a planear uma visita à Índia…

Anúncios

Frango “tandoori” à moda de cá

9 Out

Apesar da comida indiana não ser “mainstream” cá em casa, tem vindo a ganhar terreno nos últimos tempos.

Há umas semanas, apoderámo-nos de um simpático frango do campo que serviu de base para um menu de inspiração indiana. Acabámos por fazer uma aproximação a / “fake” tandoori. “Fake”, por um conjunto de opções e factores que obrigaram a alterar aquilo que significa um verdadeiro tandoori: a comida “tandoori” é cozinhada em fornos “tandoor”, que são fornos de argila cilíndricos que obviamente não temos aqui em casa; não utilizámos tandoori masala (não tínhamos), mas sim garam masala “aditivado”; não retirámos a pele, como habitualmente, nem se fizeram cortes – sabe-se que os aromas da marinada não irão penetrar tanto no frango, mas como vai ficar mais de doze horas a marinar, e queríamos comer a pele…; por último, embora o frango tandoori deva ser cozinhado com pedaços do frango, optámos por cozinhá-lo inteiro.

Seguimos a inspiração e sugestão de receita daqui, com algumas alterações significativas, algumas delas já referidas. Duplicámos a receita, pois o frango era definitivamente grande (aproximadamente dois quilos).

Para acompanhar o frango, um pão (naan), uma salada (alface e tomate), um molho indiano (raita de menta e pepino com kefir) e chutney de ananás caseiro.

Ingredientes (4 pessoas)

– 1 frango do campo inteiro (2 kg)
– 4 dentes de alho espremidos
– 4 colheres de sopa de garam masala
– 1 colher de sopa de paprika
– 1 colher de sopa de gengibre gengibre fresco ralado (ou em pó, alternativamente)
– 2 colheres de sopa de sumo de limão
– 2 iogurtes naturais (sem açúcar)
– 1 cebola média / grande
– sal a gosto

Preparação

Preparar uma mistura com o sumo de limão, alho, gengibre em pó e paprika.
Aplicar a mistura anterior no frango durante 1 hora.
Bater no liquidificador o iogurte, cebola, o garam masala e o sal.
Misturar bem a marinada anterior no frango, tapar e deixar a marinar durante 12 horas.
Levar ao forno (ou opcionalmente ao churrasco) previamente aquecido a 200 ºC, durante aproximadamente uma hora (virar o frango a meio do processo), até que frango esteja macio (ou até ao momento em que o peito do frango tenha uma temperatura interna entre os 74 e os 79ºC, caso tenham um termómetro de cozinha).

123 Lets Cook!

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Mesa Marcada

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

http://blog.foodzai.com/

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Three Fat Ladies

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Technicolor Kitchen

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Tartelette

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Sabores da Alma

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Pratos e Travessas

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Outras Comidas

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

no soup for you

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Lume Brando

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

In the mood for food

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

gourmets {amadores}

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Receitas - From our home to yours - Português

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

figo lampo

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Elvira's Bistrot

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

De Cozinha em Cozinha passando pela Minha

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Cozinha com tomates

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

come-se

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Cinco Quartos de Laranja

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Cannelle et Vanille

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Baunilha e Caramelo

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

As Minhas Receitas

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Ardeu a padaria

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Caos na Cozinha

Experiências de uma cozinheira amadora, que gosta de experimentar coisas novas e tem muito jeito para a recriação de cenários de guerra na cozinha

%d bloggers like this: