Arquivo | bolos RSS feed for this section

Waffles

18 Dez

IMG_2575

Waffles trazem-me sempre memórias de viagens ou férias… Dos aromas que se sentem nas pequenas e mágicas feiras de Natal que nesta altura se espalham pelos vários cantos do Mundo. Principalmente, aqueles cantos mais frios onde muitas vezes os aromas dos waffles se misturam com os de bebidas quentes, como o chocolate, a cidra e o vinho quentes aromatizados com especiarias.

Muitas vezes, por isso, apetece-me waffles… talvez porque numa pequena garfada estejam tantas (boas!) recordações…

Durante muito tempo os waffles (e as tostas) cá de casa foram feitas numa frigideira. Mas, há poucos meses, a nossa cozinha ganhou uma máquina de waffles / tostadeira! Como podem calcular… tem sido usada várias vezes! Esta foi uma das receitas experimentada e aprovada… waffles quentinhos, deliciosos para comer ao lanche ou ao pequeno-almoço, barrados com um doce ou com molho de chocolate quente!

Ingredientes (cerca de 6 waffles)

– 3/4  de chávena de leite (chávena de 240 ml)
– 1 chávena de farinha (chávena de 240 ml)
– 1/2 colher de chá de sal
– 1 ovo
– 2 colheres de sopa de açúcar
– 1 colher de sopa manteiga derretida
– 1 colher de chá de fermento
– essência de baunilha a gosto (1-2 gotas)

Preparação

Juntar todos os ingredientes no liquidificador e bater até obter uma massa homogénea.
Colocar pequenas doses na máquina de waffles e cozinhar de acordo com as instruções da mesma.*

*Se não tiverem máquina de waffles podem também preparar a massa numa frigideira, usando um acessório próprio para dar a forma característica dos waffles. Mesmo que não tenham este acessório é igualmente possível preparar os waffles na frigideira; vão ficar com um formato semelhante a panquecas, mas igualmente bons.

Anúncios

Bolo de chocolate com frutos silvestres

2 Jul

IMG_1723

Portugal é o País Europeu que menos chocolate come. Não serve isto de argumento para desatarmos todos a comer chocolate que nem loucos, mas a verdade é que enquanto por cá o chocolate parece coisa de presente de Natal sem imaginação, noutros países faz parte de uma dieta normal, como suplemento ou complemento de uma refeição.

Este é um bolo para os amantes do chocolate. Um bolo rico e denso. Um bolo cuja inspiração veio de longe, das terras frias do Norte da Europa, com o branco da neve e os frutos silvestres que abundam na Noruega, e que foi feito por cá para um aniversário.

É um bolo versátil, muito versátil…

Pode ser servido frio ou quente. Mas verdade seja dita, é uma verdadeira perdição se for servido ainda morno ou quente, com o chocolate derretido no interior.

Pode ser acompanhado de frutos silvestres (que agora chegam com o Verão), natas ou gelado. Se forem verdadeiros gulosos podem até acompanhar com os três!

E o melhor? Pode facilmente ser congelado (envolto em folha de alumínio), e posteriormente descongelado e aquecido no microondas, pois mantém-se como na hora.

Ingredientes (10-12 pessoas)

– 400 g de chocolate em barra
– 300 g de açúcar
– 8 ovos
– 150 g de farinha com fermento
– 165 g de manteiga
– 1 colher de café de fermento em pó
– 600 g de frutos silvestres variados (amoras, framboesas, mirtilos)
– açúcar em pó q.b. (para polvilhar)

Preparação

Num tacho juntar o chocolate, partido em pedaços, e a manteiga e derreter em lume brando, mexendo com a colher de pau.
Entretanto bater os ovos com o açúcar, até obter um preparado fofo.
Adicionar o chocolate derretido com a manteiga a este preparado e misturar bem.
De seguida, juntar a farinha peneirada com o fermento e envolver bem.
Forrar uma forma com papel vegetal, untá-la com margarina e polvilhar com farinha.
Verter o preparado na forma e levar a cozer, em forno pré-aquecido a 190 ºC, durante cerca de 30 minutos. O bolo não deve ficar totalmente cozido no centro.
Deixar arrefecer um pouco na forma para ser mais fácil de desenformar.
Servir morno (ou frio) polvilhado com açúcar em pó e acompanhado dos frutos silvestres.

O bolo pode ainda ser servido com natas batidas ou com uma bola de gelado.

Bolo de limão e côco

15 Mar

???????????????????????????????

O fim-de-semana está à porta e nada melhor do que saboreá-lo com um bolo. Os limões que andavam cá por casa sem destino certo juntaram-se ao côco, e do forno saiu este bolo de limão e côco. É um bolo ideal para acompanhar uma chávena de chá quente, se o frio se continuar a fazer sentir, ou frio, se a Primavera que se aproxima trouxer com ela uns dias mais quentes.

Ingredientes (cerca de 10 fatias)

(Bolo)

– 175 g de açúcar
– 175 g de farinha de trigo sem fermento
– 175 g de margarina (à temperatura ambiente)
– 12 g de fermento químico
– 3 ovos
– 20 g de côco
– 75 ml de natas
– raspa de 1 limão
– margarina q.b. para untar a forma
– côco q.b. para polvilhar

(Calda de limão, opcional)

– sumo de 2 limões (cerca de 75 ml)
– 75 g de açúcar (a quantida de açúcar deve ser ajustada à acidez dos limões, podendo também ser adicionado um pouco de água)

Preparação

(Bolo)

Junte todos os ingredientes para o bolo numa taça, com excepção da margarina para untar e do côco para polvilhar.
Bata bem com a batedeira, até obter uma mistura homogénea.
Unte ligeiramente a forma com um pouco de margarina, forre com papel vegetal e volte a untar ligeiramente. Deite o preparado para o bolo na forma.
Leve a cozer, em forno pré-aquecido a 180 ºC, durante cerca de 45 minutos*.
Verifique com um palito se está cozido e retire do forno.
Se não optar pela calda de limão, polvilhe com o côco ralado e deixe arrefercer na forma, antes de desenformar.

(Calda de limão)

Se optar pela calda de limão, enquanto o bolo coze coloque o sumo dos limões com o açúcar numa taça, e deixe o açúcar dissolver totalmente.
Quando retirar o bolo do forno, pique-o com um palito e verta a calda.
Polvilhe com o côco ralado.
Densenforme o bolo quando este estiver arrefecido completamente.

Este bolo fica igualmente bom se o limão for substituído por laranja.

* O tempo de cozedura depende sempre um pouco das características do forno usado e deve ser ajustado em função deste.

123 Lets Cook!

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Mesa Marcada

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

http://blog.foodzai.com/

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Three Fat Ladies

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Technicolor Kitchen

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Tartelette

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Sabores da Alma

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Pratos e Travessas

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Outras Comidas

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

no soup for you

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Lume Brando

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

In the mood for food

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

gourmets {amadores}

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Receitas - From our home to yours - Português

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

figo lampo

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Elvira's Bistrot

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

De Cozinha em Cozinha passando pela Minha

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Cozinha com tomates

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

come-se

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Cinco Quartos de Laranja

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Cannelle et Vanille

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Baunilha e Caramelo

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

As Minhas Receitas

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Ardeu a padaria

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Caos na Cozinha

Experiências de uma cozinheira amadora, que gosta de experimentar coisas novas e tem muito jeito para a recriação de cenários de guerra na cozinha

%d bloggers like this: