Mercearia Caseira está de volta

28 Nov

back to business

Back to business…num chuvoso e agitado final de Novembro. Como se pode ver pela foto, as caixas estão vazias…mas prontinhas a ser personalizadas com os nossos produtos, de acordo com a vontade do freguês!

Entre os vários locais onde vamos estar, o próximo é já este fim de semana, em Porto Salvo, na Venda de Natal do Centro Letras & Companhia, junto aos CTT. Até já!

Vol-au-vent de Sapateira com Ovas de Peixe-Voador

9 May

IMG_1727_2

Vol-au-vent não são mais do pequenas caixinhas de massa folhada que podem ser recheadas com vários tipos de recheios. A receita de hoje é uma sugestão para uma entrada fresca, que pode ser mais ou menos rápida conforme façam os vossos próprios vol-au-vent e o recheio de sapateira. O recheio de sapateira também depende muito do gosto de cada um (com ovo, com mostarda, com cerveja, com maionese, com pickels, aguardente velha,…., são inúmeras as possibilidades!). Cá por casa, quando as sapateiras são boas, tendemos a preferi-lo mais ao natural e as quantidades são quase sempre a olho. Foi o caso deste, que foi feito de forma muito simples e complementado com umas ovas de peixe-voador.

Estes vol-au-vent foram servidos num almoço de aniversário e foram apreciados por todos os que o provaram.

Ingredientes:

– 2 embalagens de massa folhada fresca com 230 g cada (ou 12 vol-au-vent já prontos)
– leite q.b.
– 3 sapateiras cozidas (cerca de 800 g cada)
– maionese q.b.
– molho inglês q.b.
– ovas de peixe voador – cerca de 1 colher de sopa por vol-au-vent
– alfaces variadas q.b
– rúcula q.b.
– nozes q.b.

Preparação:

Cortar 12 círculos iguais em cada uma das bases de massa folhada, ficando com 24 círculos. No centro de 12 destes círculos cortar um outro círculo mais pequeno. Sobrepor estes círculos furados aos círculos inteiros, ficando com 12 vol-au-vent. Pincelar ligeiramente com leite.
Levar a massa folhada ao forno até estar cozida, cerca de 15-20 minutos a 180 ºC. Quando estiver cozida, retirar do forno e deixar arrefecer.
Arranjar as sapateiras, aproveitando todo o seu recheio interior. Tenha o cuidado de não utilizar os pulmões da sapateira.
Colocar o recheio numa taça e desfazer ligeiramente com um garfo. Juntar a maionese e o molho inglês a gosto.* Reservar no frigorífico até à hora de rechear os vol-au-vent.
Quando as caixinhas de massa folhada estiverem frias, recheá-las com as pasta de sapateira. Por cima, colocar cerca de 1 colher de sopa de ovas de peixe-voador.
Servir acompanhado de uma salada de alfaces várias, rúcula e algumas nozes.

 

* Quando usamos ovo no recheio de sapateira, a quantidade é de 1 ovo por sapateira. Os outros temperos são ajustados à medida que se prova.

SLB!! Ou Sweet-Lime-Berry

20 Apr

slb

A verdade é que a receita deste cocktail esteve 3 vezes para ser publicada no ano passado…

Mas sabe-se lá porquê, só hoje é publicada🙂

Ingredientes (para 2 pessoas):

– sumo de uma LIMA (sim Lima!! o marcador do título…)

– 12 framboesas

– gelo picado

– champanhe para acabar de encher o copo

– 1 cálice pequeno de creme de cassis

Preparação:

Juntar as framboesas com o sumo de uma lima e o creme de cassis, e triturar até obter um puré. Coar para um copo misturador.

Juntar o gelo picado e agitar vigorosamente. Coar para os copos.

Finalize com o champanhe e decore com uma framboesa.

Farófias

18 Apr

farófias

Nuvens doces para a sobremesa. Uma sugestão para o almoço de Páscoa.

Ingredientes:

– 6 ovos
– 5 + 10 colheres de sopa de açúcar
– 1 l de leite
– 1 pitada de sal
– 1 colher de sopa de maisena
– casca de limão
– canela em pó para polvilhar
Preparação:

Separar as gemas das claras.
Bater as claras até obter uma espuma fofa e adicionar a pitada de sal, continuando a bater até as claras ficarem em castelo meio firme. Nesta altura adicionar, uma a uma, as restantes 5 colheres de açúcar, continuando a bater até obter um merengue liso e brilhante.
Entretanto, colocar o leite com 10 colheres de sopa de açúcar e a casca de limão num tacho e levar ao lume até começar a ferver, colocando o lume no mínimo de seguida.
Retirar colheradas do merengue e cozer as claras no leite, mantendo o lume no mínimo e a temperatura do leite baixa (no limiar da fervura). As farófias cozem rapidamente, devendo ser viradas a meio da cozedura (cerca de 20 segundos de cada lado). Quando tiverem cozidas retirar com uma escumadeira e colocar num recipiente que permita escorre-las (por exemplo um passador grande).
De seguida, bater ligeiramente as gemas e dissolver a colher de sopa de maisena.
Deixar o leite arrefecer um pouco e coar se necessário (para retirar alguns pedaços de clara que possam ter ficado).
Ao leite morno adicionar o preparado das gemas com a maisena e levar a engrossar, em lume brando, mexendo sempre, até obter um creme.
Colocar as farófias escorridas numa taça de servir e verter cuidadosamente o creme por cima.
Quando estiverem mornas polvilhar com canela em pó a gosto.

De regresso… Com um creme de ervilhas e hortelã

9 Apr

creme_ervilhas

Desde o início do ano que a cozinha cá de casa tem oscilado entre a rotina do dia-a-dia e o meio gás (ou quase parado!). Os dias normais têm sido intercalados com os de viagem, em trabalho ou em passeio, que nos têm levado para fora de cozinha. Nos próximos meses mais viagens se avizinham, mas esperamos que a ausência desta cozinha não seja tão longa!

E para o regresso, um creme de ervilhas e hortelã. Uma sopa leve, que pode ser comida quente ou fria, e que fica deliciosa servida com umas amêndoas torradas.

Ingredientes (cerca de 6-8 pessoas):

– 500 g de ervilhas
– 1 courgette média
– 1 cenoura pequena
– 1 nabo pequeno
– 1 cebola média
– 1 dente de alho
– azeite q.b.
– água q.b.
– algumas folhas de hortelã*
– sal q.b.

Preparação:

Cortar os legumes e colocar juntamente com as ervilhas numa panela.
Cobrir com água e deixar cozinhar, até os legumes estarem tenros.
Quando os legumes estiverem cozidos juntar algumas folhas de hortelã (a gosto) e um fio de azeite, e deixar ferver durante 1 a 2 minutos
Triturar até obter um puré cremoso, ajustando a textura com um pouco de água se necessário.
Temperar com sal a gosto.

 (*) A hortelã veio directamente dos vasinhos da varanda

Feliz Ano Novo!

6 Jan

BoloReiRecheado

O primeiro post do ano, com desejos de um 2014 recheado com tudo o que mais desejarem e uma sugestão para o Dia de Reis. Um bolo rei um pouco diferente, recheado com doce de laranja e cenoura, que teve como inspiração o bolo rei com cereja do Fundão.

Bom Ano!

 

Waffles

18 Dec

IMG_2575

Waffles trazem-me sempre memórias de viagens ou férias… Dos aromas que se sentem nas pequenas e mágicas feiras de Natal que nesta altura se espalham pelos vários cantos do Mundo. Principalmente, aqueles cantos mais frios onde muitas vezes os aromas dos waffles se misturam com os de bebidas quentes, como o chocolate, a cidra e o vinho quentes aromatizados com especiarias.

Muitas vezes, por isso, apetece-me waffles… talvez porque numa pequena garfada estejam tantas (boas!) recordações…

Durante muito tempo os waffles (e as tostas) cá de casa foram feitas numa frigideira. Mas, há poucos meses, a nossa cozinha ganhou uma máquina de waffles / tostadeira! Como podem calcular… tem sido usada várias vezes! Esta foi uma das receitas experimentada e aprovada… waffles quentinhos, deliciosos para comer ao lanche ou ao pequeno-almoço, barrados com um doce ou com molho de chocolate quente!

Ingredientes (cerca de 6 waffles)

– 3/4  de chávena de leite (chávena de 240 ml)
– 1 chávena de farinha (chávena de 240 ml)
– 1/2 colher de chá de sal
– 1 ovo
– 2 colheres de sopa de açúcar
– 1 colher de sopa manteiga derretida
– 1 colher de chá de fermento
– essência de baunilha a gosto (1-2 gotas)

Preparação

Juntar todos os ingredientes no liquidificador e bater até obter uma massa homogénea.
Colocar pequenas doses na máquina de waffles e cozinhar de acordo com as instruções da mesma.*

*Se não tiverem máquina de waffles podem também preparar a massa numa frigideira, usando um acessório próprio para dar a forma característica dos waffles. Mesmo que não tenham este acessório é igualmente possível preparar os waffles na frigideira; vão ficar com um formato semelhante a panquecas, mas igualmente bons.

123 Lets Cook!

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Mesa Marcada

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

http://blog.foodzai.com/

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Three Fat Ladies

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Technicolor Kitchen

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Tartelette

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Sabores da Alma

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Pratos e Travessas

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Outras Comidas

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

no soup for you

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Lume Brando

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

In the mood for food

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

gourmets {amadores}

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Receitas - From our home to yours - Português

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

figo lampo

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Elvira's Bistrot

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

De Cozinha em Cozinha passando pela Minha

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Cozinha com tomates

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

come-se

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Cinco Quartos de Laranja

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Chucrute com Salsicha

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Cannelle et Vanille

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Baunilha e Caramelo

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

As Minhas Receitas

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Ardeu a padaria

viagens pelo mundo dos sabores sem sair de casa...

Caos na Cozinha

Experiências de uma cozinheira amadora, que gosta de experimentar coisas novas e tem muito jeito para a recriação de cenários de guerra na cozinha

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: